Seguidores

segunda-feira, 30 de junho de 2014

Como nem tudo na vida é COPA do Mundo preferi hoje ler uma Poesia Intitulada PEREGRINO de Itálico Marcon da página 147 do Livro " Poetas do Ministério Público" ...

PEREGRINO: Longe de tudo e de todos
                          Permaneço o que já sou;
                          Um entardecer de repente
                          Em um Barco que não Voltou.

 





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua presença já é Um Prêmio: