Seguidores

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

Será que deveremos trazer mais "Estrangeiros" para resolver alguns dos Problemas tão urgentes que ultrapassam os limites da área médica e que nos saltam aos olhos a questão de sobrevivência desses humildes "Brasileiros"... (Ou Será melhor nós ficarmos no nosso conforto sem se preocupar com o nosso próximo em meio a tantas dificuldades onde nunca chegaram as tais promessas da "Minha Casa Minha Vida" e uns tem e outros sabemos nada tem nem o mínimo, né?)... O Morador de Baixo da Ponte de nome Fábio me demonstrou sua preocupação com a cheia do Dilúvio enquanto aumenta a água da chuva...










Por mais que eu procurasse aumentar o zoom de minha câmera eles pareciam tão distantes de mim e ao mesmo tempo quase que invisíveis e anônimos, e apenas percebia-se que queriam sobreviver e  sobreviviam independentemente de  serem notados ou não, pois isso apenas pouco lhes importa em mais uma questão tão observada por mim no meu olhar "Atento a seus  gestos ou modo de serem e se mostrarem a mundo, mas que de certa forma mexeu comigo profundamente e pensei isso é uma pequena amostra que a grande mídia não faz a mínima para mostrar ou pouco lhe importa e alguns poucos finge que isto tudo não esta acontecendo aqui no Brasil bem em frente aos nosso olhos....














Será que deveremos  trazer mais "Estrangeiros" para resolver alguns dos Problemas tão urgentes que ultrapassam os limites da área médica e que nos saltam aos olhos a questão de sobrevivência desses humildes "Brasileiros"... (Ou Será melhor nós ficarmos no nosso conforto sem se preocupar com o nosso próximo em meio a tantas dificuldades onde nunca chegaram as tais promessas da "Minha Casa Minha Vida" e uns tem e outros sabemos nada tem nem o mínimo, né?)... O Morador de Baixo da Ponte de nome Fábio me demonstrou sua preocupação com a cheia do Dilúvio enquanto aumenta a água da chuva: Enquanto água sobe a cada minuto deste tempo chuvoso e moradores ficam em situação calamitosa e por isso reafirmo que: Me caiu os Butiás do Bolso em ver que o arroio Dilúvio que deságua no Estuário Guaíba esta super cheio quase a ponto de transbordar e tem pessoas que moram embaixo da Ponte e em breve se continuar assim irão ficar flagelados literalmente... Minha Observação que faço questão de novamente registrar para nossa reflexão: (Ou Será melhor nós ficarmos no nosso conforto sem se preocupar com o nosso próximo em meio a tantas dificuldades onde nunca chegaram as tais promessas da "Minha Casa Minha Vida" e uns tem e outros sabemos nada tem nem o mínimo, né?)... Ou Ainda não conseguimos enxergar eles por serem tão invisíveis ou anônimos hoje em dia... Ratificando bem assim: No momento das fotos que fazia estes registros percebi perfeitamente que esse homem estava desolado e cabeça baixa pela triste situação que se encontrava vendo a água da chuva fazendo subir mais e mais o arroio dilúvio que ao invés de apenas "Corta para mim" queria sim com tanta desolação que não cortasse o meu coração em ver e ao mesmo tampo lembrar que as tais promessas do "Brasil Sem Miséria" não chegou por este Canto do Planta e ele não tem motivos para comemorar a tal "Minha Casa Minha Vida" e o pouco que tem que chega beirar o quase nada vir a qualquer momento perder e fica-lhe apenas a situação de um dia quem sabe se Deus quiser melhorar um pouquinho só visto que apenas uma das coisas que tem e que não lhe falta é a Esperança, pois cansou de aperar pela promessas políticas que nunca viu chegar até ele e tenho ditto!!!! E digo, pois hoje fiz dessas fotos a minha reflexão bem assim: "Ou Ainda não conseguimos enxergar eles por serem tão invisíveis ou anônimos hoje em dia"... (Notícias em fotos)!