Seguidores

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Antologia tem Noite Fria de Charles Netto - Um ourives das Letras





CharlesNetto É Um Ativista Cultural sendo um Ourives das Letras e Oficial do Ofício da Palavra. Esta Poesia foi editada no Volume 54 da Antologia de Poetas Brasileiros Contemporâneos- E sua Primeira Edição (Final do mês Maio de 2009). Através da Câmara Brasileira de Jovens Escritores-Poesia Registrada no Escritório de Direito Autoral na Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro-Brasil.
(A Reprodução Total ou Parcial desta Poesia, por qualquer meio, sem que eu mesmo tenha concedido a autorização, constitui violação da Lei 5. 988. "direito Autoral" Sendo todos os Direitos Reservado ao Autor!)
"Desculpem, mas houve uma aceleração na imagem na hora da edição!"
Em português Noite Fria:
Do qual faço a escrita da poesia, buscando divulgar uma das mais belas poesias editadas até então, a fim de que possa servir de inspiração para futuros aprendizes escritores que busquem um motivo, ou até mesmo um exemplo para que também venham a se aventurar e desbravar este belíssimo mundo das letras seja eles virtuais ou não, mas que tenha a coragem de se revelarem para os bons leitores que sabem apreciar uma boa Poesia em Prosa e verso, só a partir daí é que poderão ser leitores, críticos e ainda escritores mesmo que tenham que estar plugados nesta imensa rede de computadores que existem e estão conectados na Internet. Portanto Vejam a seguir da Poesia Noite Fria:
Nesta linda noite fria
De inverno que se cria
Sinto Minhas mãos frias
Ao pegar uma caneta que cria
Lindos Versos em forma de Poesia;
Ponho minha mente em ação
Para ver se acho uma razão
De escrever algo que fale
Lá dentro do coração

Sinto meu rosto mais frio
Ao entrar desta noite cor de anil
E continuo escrevendo sem sentir calafrio
Onde fico pensando se alguém já se descobriu;
Também começo a pensar se alguém já sorriu
Em ver que em outro ser
Que não tinha nem o que escrever
Pensou e agiu, tão logo que se descobriu;
“E hoje apenas independentemente do frio
que tudo aconteceu pelo simples passar deslizante
da caneta nesta folha de papel pode criar linda Poesia".

2 comentários:

  1. Realmente uma bonita poesia escrita numa noite fria.

    ResponderExcluir
  2. Manoel, obrigado por sua obervação sincera, valeu o apoio em comentar neste post, ok!

    ResponderExcluir

Sua presença já é Um Prêmio: